Além do design, o acabamento em joias é um dos principais aspectos a ser considerado durante o desenvolvimento de uma peça. Isso porque pode ele pode trazer mais estilo e personalidade aos acessórios, além de contribuir para que seu negócio se destaque da concorrência.

Hoje existem diferentes técnicas de acabamento, e muitas delas inovadoras, que vão além dos polimentos tradicionais, e criam texturas diferentes nos acessórios, com baixos e altos relevos.

Para oferecer produtos diferenciados aos seus clientes, e claro, conquistar mais vendas, é fundamental conhecer esses tipos de acabamentos e seus processos técnicos.

1. Acabamento Acetinado
O acabamento acetinado é aquele que possui aparência completa de liso, porém tem uma certa textura quanto tocamos na peça. Ele está entre o polido e o escovado, com um brilho intermediário.

Durante o processo de acabamento acetinado, é utilizada uma lixa mais fina, garantindo que a joia tenha esse brilho intermediário, discreto e homogêneo.

2. Acabamento Diamantado
O acabamento diamantado é o que faz com que a peça pareça ser toda cravejada de diamantes, com aspecto cintilante e uma textura completamente diferente.

Para obter esse efeito, é utilizada uma broca diamantada, que possui um diamante na ponta, cortando a superfície metálica da joia previamente escovada, por meio de movimentos longitudinais e transversais,

3. Acabamento Granulado
O acabamento granulado é aquele que geralmente encontramos nas extremidades das joias. Para produzi-lo, microesferas do metal utilizado na peça são colocadas em linha, separadas ou coladas umas nas outras.

Além de ser colocado nas bordas, ele pode ser usado para trazer mais beleza à uma pedra utilizada no acessório, sendo adicionado em volta dela ou em pequenos detalhes que destaquem o design.

4. Acabamento Craquelado
A irregularidade é a principal característica do acabamento craquelado. A peça desenvolvida com esse tipo de acabamento, possui um aspecto de rachaduras na superfície.

Durante o processo de produção, o craquelado é feito a partir da sobreposição pedaços do metal, de espessuras e tamanhos diferentes.

5. Acabamento Esmaltado
O acabamento esmaltado geralmente é visto em joias que possuem detalhes coloridos em vazados do metal, com aspecto de esmalte e um certo brilho.

Para produzi-lo são utilizados esmaltes de base vítrea, que quando aquecidos junto de óxidos metálicos, ficam coloridos e aderem à superfície da joia.

6. Acabamento Fosco
O acabamento fosco não é uma grande novidade no processo de desenvolvimento de joias, mas continua sim em alta e sendo o preferido de muitos clientes.

Ele possui a superfície mais lisa, mas não tem muito brilho, sendo mais discreto, e muitas vezes, considerado mais sofisticado. Para produzi-lo, também é utilizada uma lixa mais fina, e o que o diferencia do acetinado é justamente a intensidade do brilho que é bem menor, ou inexistente.

7. Acabamento Polido
O acabamento polido é um dos mais tradicionais no mercado de joias, e o preferido para quem deseja que o acessório se destaque.

Isso porque ele traz às peças a característica de brilho intenso e superfície lisa, o que o permite ser até reflexivo. Apesar de serem visualmente chamativos e também bonitos, é preciso tomar cuidado, pois eles se arranham com facilidade.

8. Acabamento Filigrana
A filigrana é realizada com fios de ouro ou prata, muito finos, formando delicados e elaborados desenhos com aparência rendada. É uma das técnicas de acabamento mais antigas conhecida pelo homem, sendo muito apreciada pelos joalheiros bizantinos.

9. Acabamento Repuxado
Tipo de acabamento em alto relevo, utilizado no avesso do metal, com embutidores e martelo.

10. Acabamento Florentino
Apresenta linhas paralelas e buriladas, com marcas transversais leves.

11. Acabamento Escovado
Esse tipo de acabamento é criado a partir da aplicação de escovas na superfície da joia.

12. Acabamento Martelado
Também bastante comum no universo da ourivesaria, é realizado, como o próprio nome diz, com batidas leves de martelo, sempre com minúcia e homogeneidade.

É muito importante que você entenda sobre as características de cada peça, para apresentá-las corretamente aos seus clientes e além disso, é importante ter peças de todos os tipos de acabamentos para se destacar da concorrência, trazendo uma infinidade de opções e estilos aos consumidores.

Fonte: Bautz
Siga a Glamour nas redes sociais: Instagram | Facebook | Pinterest

Deixe um comentário


Deprecated: Directive 'track_errors' is deprecated in Unknown on line 0